domingo, 25 de abril de 2010

Qual é nossa identidade?

Postado por Nidiane Latocheski às domingo, abril 25, 2010
Reações: 

Perguntas que não querem calar:
O que torna as pessoas tão preconceituosas? Por que manifestam-se contrárias às ideias, pessoas ou locais diferentes, sem ao menos conhecê-los? Até onde nós, cidadãos, continuaremos inertes diante de situações de discriminação, maus tratos, violência? Se não agimos, por que ao menos não divulgamos nossos pensamentos de repúdio??


Dia 20/04, recebi um e-mail sugestivo da professora Doralice Araújo, lá do Paraná, sobre um artigo em destaque, no blog do Folhateen, que mostra claramente o bullying praticado nos grandes centros do país contra moradores ou  nascidos em regiões menos desenvolvidas, como a nossa. Ela sugeriu trabalhar em sala de aula sobre o assunto e "quebrar o silêncio profundo" de todos nós que habitamos por aqui e em outras regiões menos favorecidas.

Só pela fotinha abaixo podemos ter uma ideia da discriminação.
A matéria narra que em São Paulo, jovem debochava da origem de uma colega para maltratá-la.


Que absurdo, não?? Também fiquei indignada! Por isso, quebremos o silêncio e manifestemos as referências positivas de nosso Estado."Bote a boca no trombone!!". Assim, seremos respeitados!! Afinal, quando as notícias chegam no Sul, Sudeste e Centro-Oeste são sempre negativas..

A proposta é:
Redija um artigo de opinião mostrando porque morar e viver em Rondônia não é motivo de vergonha ou preconceito. 


Ou simplesmente, dê  4 justificativas do orgulho por ter nascido, morar e estudar em Rondônia.

Participe da campanha: CONSTRUÇÃO DA IDENTIDADE RONDONIENSE!!

Central de Notícias RO  também publicou hoje que a menina, referida na matéira da Folha de São Paulo "ia ao banheiro chorar e pedia aos pais, por telefone, para voltar para casa."

Tudo Rondônia  - site de notícias com comentários sobre tal matéria. ("o que mas as deixam tristes é ver quantas pessoas la estão vivendo nas ruas e quantas crianças estão abandonadas, coisa que por aqui não acontece com tanta frequencia" diz Dérué )

Outro comentário que me chamou a atenção foi do Fernão Capelo: "1. Somos mal tratados quando as TVs apresentam os seus telejornais, pois tudo só acontece no Rio ou em São Paulo. 2. Somos mal tratados quando só se fala dos times do sul ou sudeste e mesmo assim torcemos por aqueles times. Flamengo, São Paulo, Corinthians, etc, etc. 3. Somos mal tratados quando por nós mesmos quando enchemos o ar com fumaça de queimadas inconsequentes. 4. Somos mal tratados por nós mesmos quando os nossos jornais só falam do futebol do sul e do sudeste, dando maior destaque a aqueles times. 5. Somos mal tratados quando escolhemos políticos incompetentes e corruptos para elege-los. 6. Somos mal tratados quando por teimosia ainda queremos eleger um candidato cassado por corrupção acreditando que o mesmo foi injustiçado. 7. Somos mal tratados quando não exigimos dos governantes boas escolas e bons professores para os nossos filhos. 8. Somos mal tratados quando não exigimos o governantes hospitais suficientes para cuidar das nossas mazelas. 9. Somos mal tratados por que não nos respeitamos como cidadãos e ficamos de bico calado, mesmo quando vemos que as coisas não estão certas."
Viu só? temos muito senso crítico!!


6 comentários:

Nidiane on 26 de abril de 2010 10:42 disse...

Infelizmente é real o fato de nos calarmos diante das injustiças sociais, preconceitos e etc.
Mas, respondendo algumas questões: o que me deixa orgulhosa de morar aqui é o fato de que em nossa cidade (Vilhena)temos um clima maravilhoso, por isso, é a cidade clima da Amazônia; o que me lembra também que Rondônia é a porta de entrada dessa imensa riqueza natural. Que privilégio!!
Outro fato é que as oportunidades de emprego por aqui estão crescentes, depois dos investimentos como o do PAC. Morar aqui também me faz feliz por conhecer pessoas tão capazes, inteligentes, dotadas de cultura tão vasta (já que temos migrantes de todas as regiões do Brasil.
Ou seja, tenho orgulho de ter crescido, morado, estudado e agora, trabalhar por aqui.

Ministério da saúde on 27 de abril de 2010 16:08 disse...

Caro blogueiro,

A vacina contra Influenza H1N1, vírus que já matou 1.632 brasileiros, está disponível nos postos de saúde pública de todo o Brasil para pessoas com maior risco de desenvolver a forma grave da doença. A vacina foi testada, é segura e já foi utilizada por mais de 300 países do Hemisfério Norte. Sábado, 24, começa mais uma etapa da campanha, voltada agora para a vacinação de idosos com doenças crônicas. No entanto, a população das outras etapas - jovens de 20 a 29 anos, grávidas, crianças maiores de 6 meses a menores de 2 anos e doentes crônicos com menos de 60 anos - ainda podem procurar os postos para se vacinar.


Por isso, é muito importante contar com a sua colaboração! Você pode ajudar por meio de materiais que disponibilizamos especialmente para blogs.

Para mais informações sobre como se tornar um parceiro, escreva para fernanda.scavacini@saude.gov.br

Atenciosamente,
Ministério da Saúde

Eloisa on 28 de abril de 2010 20:34 disse...

Como falar de um lugar sem falar de suas vantagens? Rondônia é um ótimo lugar para se viver, e como em todo lugartem seus problemas, aqui eles também existem, mas não é motivo para menosprezar nossa terrs.
Somos todos frutos dos mesmo colonizadores, com as mesmas culturas e crenças, apenas vivendo em lugares diferentes e com hábitos diferentes.
Rondônia é um lugar de muita terra fértil, com grande criação de gado, investimentos agrícolas, apesar de Rondônia ter o 3º maior PIB da região norte, ela fornece muita produção para o Brasil, e tem grande importância para o desenvolvimento do país.
Nossa água é uma das mais puras que existe no Brasil para consumir, e não é como nas cidades grandes, que a água está sendo poluída e tem um gosto ruim, ela é mais saudavel e gostosa.
Muitas pessoas tem uma péssima impressão de Rondônia, mas falam sem ao menos procurar se informar e nem conhecer sobre nossa região, e nos discriminam por achar que somos de uma região "pobre",isso é algo que as pessoas das grandes cidades fazem só porque vivem em lugares mais ricos e desenvolvidos.
Há também um problema que quase ninguém ainda enxerga, mas daqui uns anos as grandes cidades próximas ao litoral serão cobertas pelo mar, devido as mudanças ambientais, principal fator, o derretimento das calotas polares, isso ja se vê nas grandes catástrofes que vem acontecendo no Rio de Janeiro, os desmoronamentos e erosões, ou seja, o espaço humano será insuficiente e nossa região será uma das mais valorizadas e de ótimas condições para viver.
Rondônia tem um clima tropical, muita vegetação, é um lugar agradável de se viver, e nós temos orgulho de dizer que somos rondonienses.

Anônimo disse...

Profe,
Realmente, vc tem razão sobre o nosso silêncio absoluto.. hj em dia, moro em uma cidadezinha menor que Vilhena, aqui no Mato Grosso.. E percebo uma certa idolatria em relação aos outros estados..Parece que tudo de outro local é mais valioso!!!quanta ignorância..
Na verdade, precisamos compreeender que todo o Brasil tem características próprias, nem pior, nem melhor.. apenas diferentes! Pessoas são diferentes, locais, mas a essência humana é a mesma!
Orgulho-me de ter conhecido tais locsais pequenos, com menor infra-estrutura que os grandes centros e quando viajo e conheço pessoas, dissemino minha cultura, minha crença na vida, meu senso de humor que adquiri em Rondônia (Pvh-Vha)...também divulgo as blzs naturais da região Norte..

Parabéns pela iniciativa! Espero ter colaborado com a campanha!!
bjão.
saudade de suas aulas..
Marcinha

helbert on 20 de maio de 2010 20:13 disse...

Eu tambem sou rondoniense e não tenho vergonha disso,minha cidade pode não ser desenvolvida como outras grandes cidade . Isso de alguma forma se torna uma vantagem que muitas vezes podem ser mostradasem números comparado a grandes cidades ,como taxa de mortalidade que é menor,tambem pelas condiçõe de vida da população pois não a uma grande diferença social. Mudando de asunto temos que ter orgulho de nosso estado e de nossa cidade porque apesar de tudo é um grande lugar para se viver.

helbert on 20 de maio de 2010 20:13 disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
 

Blog da Nidi Copyright © 2010 Designed by Paulinha Lobato