terça-feira, 22 de dezembro de 2009

A imprensa local só quer noticiar SAAAAAAAANGUE

Postado por Nidiane Latocheski às terça-feira, dezembro 22, 2009
Reações: 
Desculpem o desabafo, mas não aguento mais a situação de implorar para os sites de notícia desse município a publicação do grande feito do MEC em selecionar os 35 trabalhos dos professores do Brasil.
Na verdade, eu sempre soube que Educação não é prioridade nesse país.
Mas, como se diz:
"a esperança é a última que morre!"  E já que sou ou da filosofia "não desisto nunca"..
(desculpe os jargões, clichês, etc, mas minha indignação não permite que eu pense algo mais criativo)

Acabei de rascunhar um e-mail de apelo e juro que será o último! Na verdade, não é por ego ou orgulho próprio que venho solicitando pela 3ª ou 4ª vez aos sites, mas tenho acompanhado a tendência das notícias mais lidas: SAAAAAANGUE, TRAGÉDIAS, MORTES, ASSALTOS, etc.
Nesse sentido, até entendo tal "desinteresse" pelo que é saudável, educativo, motivador. Pra quê, né? Se poucos lerão.. Mas, esquecem de que esses poucos leitores poderão ser outros profissionais que também acreditam na melhoria de vida, através da Educação, podem ser outros colegas que também não tenham repensado suas práticas e que influenciarão na formação de futuros adultos...Escrevi algumas linhas para os jornais principais de Vilhena / Rondõnia, implorando pela publicação. Sinto vergonha de ser de um Estado que tem essa visão sobre nós, educadores. Como já comentei antes, a Educação não é de longe o maior interesse do público (e sei que isso justifica a demora ou a não publicação por nenhum jornal desse município e/ou estado).

VOU ESCLARECER: falo da publicação em geral sobre projetos educacionais, quando publicados não dão conta de chamar a atenção da maioria dos leitores, que se interessam bem mais por um bom sensacionalismo...

Ainda assim, creio que a notícia de algo positivo e de interesse público possa  mudar o quadro aos poucos, principalmente, dos professores que não mudam sua forma de ensinar. Prêmios como esse servem de oxigenação às nossas práticas, tão desvalorizadas atualmente.


AGREDECIMENTO: Obrigada a todos vocês que já fizeram matérias valorizando nossas práticas!E a cada aluno q tem entrado em contato comigo e demonstrado todo o carinho e respeito pelo nosso trabalho.. Vcs são a razão de ser de nossas escolas..

Aliás, para minha surpresa, muitos usaram minhas considerações e do professor Edson (Pernambuco), ao lado dos discursos oficiais do Exmo. Ministro da Educação, Secretária da Educação Básica, representante da Unesco no Brasil, secretário geral da Organização dos Estados Ibero-americanos e secretária-executiva do Conselho Nacional de Secretários de Educação.

(Seguem abaixo o texto na íntegra, publicado pela Agência Brasil - que me entrevistou e foi utilizado por outros sites destacados)


>
3 de Dezembro de 2009 - 15h00 - Última modificação em 3 de Dezembro de 2009 - 16h01


Ministério da Educação reconhece projetos inovadores no ensino público

Da Agência Brasil Brasília - Ações pedagógicas criativas e de promoção do ensino público foram reconhecidas hoje (3), pelo Ministério da Educação, durante a entrega do 4º Prêmio Professores do Brasil. Trinta e cinco educadores, de um total de 1.027 inscritos, receberam das mãos do ministro Fernando Haddad o troféu que representa “a confiança na vocação para professor”, como definiu o ministro.

O Prêmio Professores do Brasil é promovido pelo Ministério da Educação e instituições parceiras. São selecionadas experiências realizadas ou em andamento que contribuam para a educação. Nesta edição, além de R$ 5 mil, os professores premiados receberam equipamentos audiovisuais para serem usados nas aulas.

Haddad destacou o esforço dos professores premiados para vencer desafios “que todos sabemos que existem, mas só quem está em sala de aula sabe superá-los”. “A escola pública brasileira, com o orçamento que tem, fazer o que faz não é pouca coisa. É vocação, mesmo”, acrescentou.

A secretária de Educação Básica do Ministério da Educação, Maria do Pilar Lacerda, lembrou que a dedicação dos professores é fundamental para as políticas públicas implementadas pelo governo. A secretária defendeu ainda que “a mudança necessária na educação brasileira não será feita sem a ajuda dos professores”.

O secretário-geral da Organização dos Estados Ibero-Americanos, Mariano Jabonero, afirmou que os desafios da educação não serão resolvidos com “esforços solitários, mas solidários”.

Já o representante da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) no Brasil, Wagner Santana, ressaltou ainda que “mais do que heróis, a educação no Brasil precisa de professores bem formados”.

A secretária executiva do Conselho Nacional de Secretários de Educação, Nilce da Costa, elogiou as iniciativas premiadas e destacou que “o professor só tem sentido em sala de aula, tendo a oportunidade de transformar vidas”.

A professora Nidiane Latocheski, de Vilhena, em Rondônia, foi premiada com a experiência de reestruturar a Sala de Leitura Álvares de Azevedo, na escola de mesmo nome em que leciona. “A iniciativa tornou a leitura mais agradável e aproximou a comunidade da escola, inclusive com a participação de pais e alunos na reforma da sala de leitura”, explicou Nidiane. Ela espera que, com o reconhecimento do ministério, o projeto possa ser adotado em outras escolas da cidade.

O artista, “e também professor”, Edson Moura, de São Gonçalo do Amarante, no Rio Grande do Norte, destacou que o projeto vencedor de sua autoria, “Tocando e Cantando Poesia”, cumpre o propósito da educação, de estimular pais e alunos a participar das ações promovidas pela escola, em benefício de toda a comunidade. Segundo ele, a iniciativa reúne apresentações de música, poesia e teatro, com objetivo de valorizar o talento dos alunos, “estimulando a autoestima e o papel deles na construção da cidadania”.

Edição: Lílian Beraldo

 Confira os links:Agência Brasil  /Abrelivros

BLOG do prof FredericoDEPOISDAAULA
e mais os 565 endereços sugeridos pelo Google..

Prometi aos jornais locais ser a última vez que imploro essa matéria, ilustrada com a fotinha de Brasília. Sei que devem ter muitas outras de maior interesse e importância. 

Como sempre digo para os meus alunos/leitores: 
        A Educação está inversamente proporcional aos interesses da mídia, dos governos e consequentemente da população...
INFELIZMENTE!

 

5 comentários:

Anônimo disse...

Ola, meu nome é Natan Haverroth e sou do site www.vilhenaagora.com.br,já avia divugado sobre o fado de você ter ganhado este prêmio tão inportante para a educação em nósso municipio...
Hoje, assim que você me mandou o email, imediatamente entrei no site para pegar o relieze, dei uma mudadinha e divuguei,
Meus parabens por ter ganhado este prêmio tão cobiçado,rsrs...

Natan Haverroth
natan_haverroth@hotmail.com
multimidiastudio@hotmai.com

Nidi / Nani on 22 de dezembro de 2009 12:11 disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Nidi / Nani on 22 de dezembro de 2009 12:26 disse...

Olá! Natan!
Obrigada pela consideração.
Desculpe qq coisa..
Na verdade quero compartilhar de boas notícias e também valorizar a Educação desse nosso Estado..
Valeu!!

Nidi / Nani on 22 de dezembro de 2009 12:26 disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Prô, vc tem toda razão! Mas, quero te lembrar o qnto tem nosso apoio e nosso respeito, como menciona.. E +, quer um concelho? Ignore essa mídia pobre.. vc nunca precisou disso. Sabe q sou tua fã, né?
bj

tô c saudade
Jhenifer

 

Blog da Nidi Copyright © 2010 Designed by Paulinha Lobato